.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. o meu estado de espírito

. hoje.....

. como me sinto hoje neste ...

. amor....

. ao anoitecer....

. os jovens de hoje...

. vazio...

. aquilo que sinto!

. não estamos sós!

. quando me amei de verdade

.arquivos

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 11 de Março de 2008

o meu estado de espírito

Bem....já a algum tempo que já cá não passava, mas a escola tem dado realmente imenso trabalho e como estou a tirar o curso de infância ainda mais trabalho tenho.... mas o esforço compensa sempre! =D

Queria apenas "despejar" algumas coisas que tenho tido.... este ano realmente não está a ser dos melhores, mas tenho de dar a volta sempre por cima!

A minha irmã foi para itália, 6 meses, a minha avó materna que foi internada, mas que já está a ficar melhorzinha, depois foi a minha avó paterna que não se sentiu muito bem mas que já está em recuperação e, por fim, a minha afilhada que foi para as urgências que detectaram que ela tinha "escarlatina", mas já está igualmente em recuperação!

mas com tudo isto não estou triste mas sim feliz, pois a vida é mesmo assim e com tudo isto vou percebendo o que realmente a vida é e deixa-me feliz porque tenho dado a volta por cima! =D  

publicado por catarinaleal às 15:20
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

hoje.....

Bem já há 2 ou 3 dias que não vinha cá, já me fazia falta...pois escrever sabe-me tão bem e poder exprimir aquilo que sinto, sem me porem barreiras!

bem... hoje acabei de fazer um teste e senti uma súbita tristeza, pois, não por causa do teste mas por a minha irmã estar quase a ir para ir itália....

sei que ela está feliz e que é bom para ela e fico bastante por ela ir, mas cá dentro fico uma saudade, uma tristeza de não a ver....

enfim....a vida é assim....

é como um vaivém.... as coisas boas vão e vêm muito rápida e discretamente, enquanto que as más, ficam por um tempo mais longo...

hoje, não estou muito inspirada para escrever, mas acho que consegui explicar aquilo que sinto....

 

publicado por catarinaleal às 11:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008

como me sinto hoje neste dia...

Neste dia, sinto-me como se tivesse levado um tiro, sinto que me falta algo, sinto uma súbita tristeza, uma angústia, uma revolta... envolvem-me...

...todos me falam mas parece que nada oiço, estou cheia de pessoas à minha volta mas é como se tivesse sozinha, está um dia de sol mas parece que está uma dia cinzento.... onde nada vejo e nada quero ver...

Por isso, sentei-me aqui a escrever e depois de tantas voltas ter dado à cabeça cheguei à conclusão que me encontro assim, pois não estou a conseguir superar alguns dias que têm passado, uns de vitória e grande parte de derota!

hoje... muito mais não tenho para escrever, pois só estou a conseguir exprimir parcialmente tudo aquilo que sinto....

mas vou acabar, explicando o que iniciei a explicar, esses dias de glória, são dias muito fáceis, mas os dias de derrota têm sido mais e muito "duros"... por isso, já cheguei àquele ponto que parei para pensar e para começar a agir, isto é, a ultrapassar também os dias de derrota e não ficar só pelos dias de glória!

publicado por catarinaleal às 11:29
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008

amor....

Amor, é um sentimento de tantas contradições, é algo que queremos e precisamos na nossa vida....

Durante um namoro estamos tão felizes, mas ao mesmo tempo infelizes...

Tanto rimos como choramos...

Tanto magoamos como somos magoados...

Tanto queremos receber como dar....

É algo que nos preenche....

.....que quando somos envolvidos por este tão grandioso, tão valioso, tão confuso sentimento... parece que não andamos cá, que este mundo resume-se apenas a uma cor..."cor-de-rosa", que parece que tudo o que acontece, é tudo de bom....

Mas,.... quando a relação dá para o torto, este mundo-se torna-se horrível, torna-se triste,    torna-se negro...

Parece que nasce dentro de nós uma mágoa, uma angústia, uma revolta...

enfim....

até que novamente, o sentimento do amor volta a nascer dentro de nós e, assim sucessivamente....

...até que há-de haver um dia que vem para ficar!

publicado por catarinaleal às 10:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2008

ao anoitecer....

Hoje, ao anoitecer, fui à rua deitei-me num muro solitário e ouvi uma música ao acaso mas, por sua vez bastante apelativa e interessante!

Digo apelativa e interessante, pois havia uma parte da letra que dizia: "I love myself".

E, então questionei-me: Será isto verdade? As pessoas realmente amam-se a si mesmas?

Não, não é!

Se as pessoas realmente gostassem de si mesmas, não fariam troça de outros, não os acusariam de coisas que as próprias pessoas é que erram e erraram, não teriam um pensamento tão superficial!

É claro, que gostar-se de si mesmo, envolve um turbulhão de sentimentos, pensamentos...

É algo que se aprende com o tempo!

Neste tempo, que tem passado... Tem sido um tempo "frio" e "duro"....

....Consegui aprender e perceber tanta coisa, uma delas foi começar a gostar de mim própria!

E, sabem, faz diferença, tenho um pensamento mais profundo, agora dou a valor a tudo o que me rodeia e, também, a todas pessoas...

...Por menos bem que essas pessoas me tenham feito, aprendi a "amá-las" e a dar-lhes o seu devido valor, pois apesar de fazerem menos bem, no fundo cada pessoa é especial e única.

Claro, que apesar de tudo isto, as pessoas continuam, superficialmente, a  ser egocêntricas e egoístas!

Falando de mim, a maior parte das pessoas acha que mudei e acham que mudei para pior...

....E sabem porque pensam elas isso?

Eu sei...

....Porque essas pessoas ainda são muito imaturas, desiquilibradas, infantis.

O eu ter encontrado equilíbrio, fez com que agora, neste momento, eu saiba muito bem aquilo que quero e que não quero e, também, como era lógico para a "mente pequenina" das pessoas só poderia ter mudado para pior!

Mas, apesar de tudo continuarei a ser eu própria, aliás cada vez com mais equilíbrio, pois essas pessoas, apesar das suas atitudes incorrectas, JAMAIS me afectarão!

Pois, como aprendi: "quem não desiste, tudo ganha, quem desiste, nada ganha!"

Mas, gostaria de terminar este texto dando um conselho a essas pessoas: "Não mudem pelos outros, mas por vocês mesmos!"

 

publicado por catarinaleal às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

os jovens de hoje...

Ontem, enquanto o tempo passava e eu nada fazia, pus-me a olhar para a rua, onde passava um grupo de jovens, com idade entre os 15-18, por aí!

Foi então que tomei a decisão, finalmente, de ir falar com a minha mãe sobre aquilo que pensava, sentia, temia acerca de os jovens de hoje em dia....

Comecei por expor-lhe o problema da seguinte maneira, que cada vez que ia sair, seja para um bar, discoteca ou café, que os jovens frequentam para sair, cada vez que entrava num desses sítios dava-me uma tristeza, uma vontade de impotência... isto porque...

... Não entendo qual a necessidade tão grande de beber até, muitas vezes, se entrar em coma? Não entendo qual a necessidade tão grande de se querer afirmar através da bebida?

Não entendo qual a necessidade de se fumar droga?

....Não entendo o porquê de tudo isto, se com tudo isto uma pessoa não se consegue afirmar-se mas sim, aos poucos, ir-se destruindo-se a si próprio, não só em termos físicos como psicológicos! 

Eu, por exemplo, já nem vou sair, pois são poucas as pessoas que eu vejo que se conseguem divertir sem beber... quantas pessoas me dizem: "eu bebo, porque se não beber não me divirto!"

Acham que tem lógica dizerem-me isso, se vós pensardes um pouco, ireis ver ou se não for agora, daqui a uns anos verão como é verdade!

Como dizem: "quem vos avisa vosso amigo é!"

publicado por catarinaleal às 10:09
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

vazio...

hoje acordei,sem vontade de nada fazer...

...senti um vazio dentro de mim, uma angústia, uma revolta, não entendi o porquê de todo este sentimento....por isso, sentei-me à beira da cama e reflecti sobre tudo o que se anda a passar nesta fase que estou a atravessar....

foi então que percebi, que eu não estava na escola errada, nem na hora errada, nem com as pessoas erradas...simplesmente as atitudes que as pessoas estavam a ter para comigo, eram erradas sim, mas fizeram-me "crescer" e, a cada dia que passa, fazem-me crescer cada vez mais!

E no meio de todo este enredo de sentimentos, sentia-me e sinto-me feliz, porque as pessoas com as suas atitudes ridículas fizeram-me e fazem "crescer" e perceber o que este mundo é, fizeram-me com que me fosse descobrindo a mim própria, deram-me e dão-me cada vez mais força para enfrentar este nosso mundo e todos os óbstáculos que ele nos proporciona em cada dia que passa!

por isso, se muitos de vós pensam que estão errados, ou que não servem para ninguém, não pensais nisso...pois ainda há tanta coisa para perceber neste nosso mundo e tanto para "crescer", que cada coisa a seu tempo descobrirão!

publicado por catarinaleal às 11:06
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

aquilo que sinto!

o futuro....
..............o futuro é algo que ninguém pode decidir o que será, o que acontecerá, o que se viverá, o que se sentirá...
são decisões que não nos cabem a nós decidir, é o que ocorrerá no futuro!
mas o presente, o dia de hoje...
todos os dias, se pensarem temos de tomar decisões, se nos levantamos naquele minuto ou não, se tomamos ou não banho, se lavamos ou não os dentes, se vestimos aquela ou a outra roupa, se tomamos ou não o pequeno-almoço, se  vamos a pé ou de autocarro para a escola....
já viram como são muitas as decisões que tomamos?
no dia de hoje tu sabes aquilo que queres, amanhã não saberás o que irás fazer!


publicado por catarinaleal às 18:28
link do post | comentar | favorito

não estamos sós!

Sentir em nós
Sentir em nós....
...Uma razão
Para não ficarmos sós
E, nesse abraço forte,
Sentir o mar,
Na nossa voz,
Chorar como quem sonha
Sempre navegar
Nas velas rubras deste amor
Ao longe a barca louca perde o norte.

No teu olhar
Um espelho de água
A vida a navegar
Por entre o sonho e a mágoa
Sem um adeus sequer.
E mansamente,
Talvez no mar,
Eu feita espuma encontre o sol do teu olhar,
Voga ao de leve, meu amor
Ao longe a barca nua a todo o pano.
publicado por catarinaleal às 18:27
link do post | comentar | favorito

quando me amei de verdade

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância,eu estava no lugar certo,na hora certa,no momento exacto. E, então,pude relaxar. Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que a minha angústia, o meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou a ir contra as minhas verdades. Hoje sei que isso é... Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento. Hoje chamo a isso.. Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou que a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo. Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade, comecei a livrar-me de tudo o que não fosse saudável. Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo.De início, a minha razão chamou a essa atitude de egoísmo. Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projectos megalômanos de futuro. Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo. Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer ter sempre razão e, com isso, errei muito menos vezes. Hoje descobri a... Humildade. Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o Futuro. Agora, mantenho-me no presente,que é onde a vida acontece. Hoje vivo um dia de cada vez... Isso é...Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que a minha mente me pode atormentar e decepcionar-me. Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração, ela torna-se uma grande e valiosa aliada. Tudo isso é....Saber viver!!! 
publicado por catarinaleal às 18:26
link do post | comentar | favorito